qui. jun 4th, 2020

Nerd Fusão

Seu guia de sobrevivência no apocalipse Nerd

Diário de um Colecionador – De volta a 1993

4 min read

Você é um Colecionador declarado?

Nestes anos no mundo do colecionismo já ouvimos muitas histórias de amigos, seguidores e passamos por diversas situações constrangedoras por sermos Colecionadores.

Alguns colecionam secretamente e não misturam a vida de Colecionador com a vida social, alguns por vergonha, outros por medo dos julgamentos da sociedade.

O intuito desse post é trocas experiências e conhecer as histórias e situações que o colecionismo lhe proporcionou.

Contarei algo que aconteceu comigo na minha adolescência.

Diário de Rorschach 31 de dezembro de 1993.
Eu tinha mais ou menos 15 anos quando minha coleção de Gi Joe estava no auge, enquanto os outros jovens da mesma idade já pensavam em namorar, eu ainda montava grandes batalhas com minha coleção de Action Figures. (He-Man, Rambo, Star Wars e Comandos em Ação)

Lembro de um final de ano onde foi organizado um grande “amigo secreto” ou “amigo oculto” com membros da minha família e amigos mais próximos da família. Naquele tempo eu não trabalhava e todos os brinquedos eram oriundos de presentes da minha já falecida avó, que fazia de tudo para me manter longe das ruas violentas do bairro que eu cresci. (Hell’s Kitchen)

Com a história do amigo oculto, resolvi pedi um boneco dos SOS COMANDOS, oportunidade ímpar dada as devidas dificuldades financeiras da época. Pra quem não lembra, foi uma linha de bonecos baseados no filme Comando para Matar, que chegou no brasil com o nome SOS COMANDOS e sem a publicidade do filme.

Era 0:10, já estávamos no ano de 1994, todos reunidos para a troca de presentes. No meio dos participantes uma garota muito disputada na escola e no bairro, alguém até então fora das minhas expectativas afetivas. Eu era tímido, magricelo feio e pobre…

Meu irmão menor pediu e ganhou um Skate, meu primo um walkman e meu vizinho um par de tênis Redler.  Nenhum amigo filho da puta ganhou brinquedo, eu ia ser o único infeliz a ganhar um brinquedo em meio a hipocrisia adulta!

O nervosismo era ensurdecedor até que chegou a minha vez de receber o presente!

Adivinhem que quem era a minha Amiga Oculta???

Ela mesmo, a gatinha do bairro, a minha Gwen Stacey iria me dar o presente. Quando ela revelou que eu era seu amigo oculto, todos os olhos se voltaram a mim, meus parentes orgulhosos, na esperança que eu pegasse a gatinha da festa e depois daria uns amassos.

Pensamentos da minha família: “Ufa, até que enfim ele vai largar os bonecos”

Após os beijinhos, abraços e formalizações, recebi meu presente, fiquei com aquela cara de “criança cagada” com vergonha de falar.  Virei as costas correndo, louco pra ir guardar o presente sem que ninguém soubesse que o marmanjo pediu um boneco.

O plano estava dando certo até que uma GORDA MEDONHA E FANHA proferiu em voz alta diante do grande grupo:

OLTA AQUI, NÃO AI ABI O PESENTE? (em tradução livre: “VOLTA AQUI! NÃO VAI ABRIR O PRESENTE?)

O coro começou: Abre, abre, abre, abre…

Eu e a gostosa do bairro estávamos extremamente constrangidos, pois ela sabia que eu seria literalmente fuzilado e devorado pelas gargalhadas dos adultos que achavam que eu não tinha mais idade pra brincar de bonecos.

Com aquele sorriso amarelo abri o presente e mostrei ao público, o boneco SOS COMANDOS, o Schwarzenegger, seguido de um quadrinhos do Superman (Superman Além da Morte). Eu sorria, mas por dentro imaginava eu enforcando a fanha com as próprias mãos.

Já viram nos filmes quando explode uma bomba perto de alguém e ele enxerga tudo em câmera lenta e sem som algum?
Foi assim que eu me senti.

Desde que me recordo, foi este o momento divisor entre BRINCAR e COLECIONAR, passei a guardar em uma caixa os bonecos, alguns doei a primos mais novos, outros se perderam com o tempo e alguns carrego até hoje.

E adivinha como foi aquela noite?

Sim, eu dei uns beijos na Gwen Stacey e contei a história que os SOS Comandos eram na verdade baseados no Comando para Matar!

Você tem uma história inusitada envolvendo sua paixão pelos bonecos?

[userpro template=view user=nerdstark max_width=100%]

André Pacheco Administrator
Head of Content , Nerd Fusão
Aqui é Nerd Fusão!
follow me

1 thought on “Diário de um Colecionador – De volta a 1993

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *