seg. maio 25th, 2020

Nerd Fusão

Seu guia de sobrevivência no apocalipse Nerd

Por que viagens no tempo nos encantam?

2 min read

Desde H. G. Wells somos fascinados por viagens no tempo, praticamente todos os anos são lançados filmes abordando o tema das mais diferentes formas e gêneros cinematográficos, alguns se tornam grandes clássicos como De Volta Para o Futuro e o Exterminador do Futuro ou até mesmo a Maquina do Tempo de (2002) um dos pioneiros sobre o tema.

Sempre que assistimos filmes sobre viagens no tempo nos deparamos sobre o mesmo conflito entre os personagens envolvidos, mudar algo que por algum momento deu errado, e sempre que os personagens fazem tais mudanças às consequências são enormes ou às vezes pragmáticas, como em Os 12 Macacos, onde a própria volta do personagem central foi à causa do vírus que quase levou a humanidade à extinção.

Às vezes também temos histórias tão confusas que nos deixa perdidos em nosso próprio tempo, como em Donnie Darko e Primer, onde a narrativa leva a uma experiência única de confusão e conflito em relação aos acontecimentos temporais, outro bom exemplo é o filme Para Sempre te Amarei, onde o personagem vivido por Eric Banna fica dando saltos no tempo sem controle ou direção.

Fora os grandes Blockbusters como Exterminador do Futuro Genesys e X-Men Dias de um Futuro Esquecido, têm outra abordagem em questão de Tempo onde o personagem tem o poder de voltar em seu próprio tempo assim como em Efeito Borboleta, mas com uma narrativa mais leve e romântica onde o único objetivo seria encontrar o amor e a felicidade de seus entes queridos.

O grande fascínio entre os filmes de viagem no tempo vem da premissa que todos temos algo que gostaria de mudar em seu passado ou simplesmente o desejo de reviver algo realmente importante ou talvez conseguir dizer um adeus a uma pessoa especial. E enquanto esse desejo e esse sentimento estiverem enraizados em nós será uma satisfação poder assistir e sonhar com um dia em poder voltar e refazer algo em nossas vidas e isso também se deve ao fato que não conseguimos enxergar que o passado não é um fardo e sim uma dádiva que nos moldam e nos ensinam lições para sermos o que somos agora.

Filmes recomendados:

[userpro template=view user=charlieborba max_width=100%]

André Pacheco Administrator
Head of Content , Nerd Fusão
Aqui é Nerd Fusão!
follow me

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *