qua. jun 3rd, 2020

Nerd Fusão

Seu guia de sobrevivência no apocalipse Nerd

Resenha: Marvel Punho de Ferro

3 min read

Desde o inicio do mês as noticias foram cada vez mais desanimadoras em relação à nova série da Netflix focando agora no personagem Punho de Ferro.

O Nerdstark tirou esse final de semana para assistir e discutir a nova série da Netflix, quase que de Episódio a Episódio e pela primeira vez as opiniões foram muito divididas.

Em suma Punho de Ferro é uma série de ação focada em um homem treinado em uma cidade Lendária para se tornar um guerreiro místico para proteger o portal dos dois mundos. Ai que começa os problemas, pois com uma premissa dessas se espera um exímio lutador e enquanto isso, infelizmente se nota que o ator Finn Jones não conseguiu o preparo para ser um guerreiro lendário e enquanto uns esperavam lutas estilo clássicos de Jet Li ou Jackie Chan e outros esperavam algo mais próximo de Matrix o resultado que vimos foi algo aos moldes do que já foi feito nas duas temporadas de Demolidor.

Dentro do Universo já estabelecido dos Defensores a série até que funciona bem tirando seus muito lentos primeiros episódios, para quem não conhecia o personagem dos quadrinhos ficou difícil se situar nos eventos pela falta de Flashbacks precisos e narrações desencontradas e incoerentes dos protagonista deixa o espectador em duvidas sobre a veracidade dos fatos narrados pelo mesmo, assim como os demais personagens que o rodeiam.

Para os que conhecem o personagem mais intimamente, as narrativas mesmo sem o visual dão a ideia necessária para se construir as cenas, mas a falta de conexão de Finn Jones com Danny Rand fica ainda mais evidente e em alguns pontos frustrante, como por exemplo, a presença do Serpente de Aço, rival e adversário de Danny Rand pelo posto de Punho de Ferro, vem sendo apresentada desde a primeira temporada de Demolidor, mas quando o personagem Davos finalmente aparece chega a ser decepcionante depois de tanta expectativas, O Tentáculo que foi de grande importância nas duas temporadas de Demolidor, ao se tornar o vilão principal, parece perder a força e a ameaça se torna uma presença constante, mas sem ter a mesma força ameaçadora que tinha em Demolidor.

São 13 episódios com altos e baixos e a série claramente tem problemas, mas ainda é uma boa história e bem encaixada no universo já estabelecido da Netflix, seu problema veio na falta de Flashbacks melhor executados e a clara falta de preparo físico do protagonista deixando as cenas de lutas lentas e maçantes, mas mesmo assim vale apena ser assistida.

Finalizando, Marvel’s Punho de Ferro ainda sim tem uma boa história e é cercado de ótimos personagens além da presença mais uma vez da talentosa Rosário Dawson e sua Claire Temple (a Enfermeira da Noite) que vem ganhando tanto espaço que já houve até boatos de sua participação em Vingadores: Guerra Infinita já assumindo o manto de Enfermeira da Noite, se a coreografia não agradou os efeitos por outro lado são muito bons e dentro do conceito realista convencem bastante, a Mística do personagem ainda está lá, a narrativa da primeira temporada deixou claro que todos os elementos de Punho de Ferro estão lá deixando uma clara brecha para se mostrar devidamente toda sua origem em uma futura segunda temporada.

 

André Pacheco Administrator
Head of Content , Nerd Fusão
Aqui é Nerd Fusão!
follow me

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *