sáb. set 26th, 2020

Nerd Fusão

Seu guia de sobrevivência no apocalipse Nerd

RESENHA – UM DIA DE CHUVA EM NOVA YORK

2 min read

Os filmes do Woody Allen, via de regra, sempre têm uma temática semelhante e o mesmo cenário: relacionamentos em Nova York. Eu até brinco que ele e o Manoel Carlos são o mesmo tipo de escritor, guardadas as devidas proporções. Mas o mais interessante é que, mesmo as histórias serem ambientadas no mesmo lugar e tratarem da mesma temática, sempre somos surpreendidos por esse gênio. Não é a toa que a maioria dos cinéfilos sempre aguarda ansiosamente a chegada de uma nova obra de Woody Allen. E ele não decepciona.

“Um dia de chuva em Nova York” nos apresenta a história de um jovem casal de uma pequena faculdade: Gatsby, aquele tipo metido a intelectual e que questiona tudo, e Ashleigh, a menina rica e deslumbrada que veio do interior. Ambos estudam artes e Ashleigh tem a oportunidade de entrevistar um grande diretor de cinema em Nova York, cidade onde vive a família de Gatsby. Ambos vão passar o final de semana na cidade que nunca dorme, e planejam vários passeios. Porém, a entrevista com Roland Pollard, o diretor, acaba tomando outros rumos, Ashleigh vê uma oportunidade única, e acaba escanteando Gatsby, que vai visitar pessoas e locais do seu passado não muito distante. E a partir daí tudo pode mudar.

A história é divertida, com tiradas rápidas de humor inteligente, como já é de praxe nos filmes de Woody Allen. Como também é comum ele trazer como protagonistas de suas obras jovens atores do momento: neste caso, temos o atual queridinho Timothée Chalamet (de “Me chame pelo seu nome” e “O Rei”) como Gatsby, fazendo mais uma vez o papel de boy chato (mas que ele sabe emular muito bem), Elle Fanning como Ashleigh (de “Malévola”) como Ashleigh, e Selena Gomez (maravilhosa) como Shannon, uma ex-cunhada de Gatsby. No elenco ainda temos nomes conhecidos como Jude Law, Liev Schreiber e Diego Luna. A fotografia é impecável, muitas cenas são rodadas em locais bem conhecidos de Nova York, como no Central Park, na Escadaria do MET, e sobre a direção, bem, quem sou eu na fila do pão para falar sobre Woody Allen, né?! Tudo que posso dizer é que, mesmo aos 84 anos, ele não perdeu a mão.

No final das contas, o que posso dizer é que bom que temos mais um novo filme do Woody Allen para nos deliciarmos nos cinemas. Ele é um dos poucos diretores que fazem obras sobre o cotidiano, os relacionamentos (e principalmente, sobre traições) que gosto e que nunca decepciona. “Um dia de chuva em Nova York” é mais uma de suas excelentes obras, e que merece ser desfrutada nas telonas.

Nota: 9,0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *